TRICAMPEÃO ESTADUAL

Neste último final de semana (02/12), as equipes de Pesca do Clube O Arpão, partiram para uma nova missão, representar o clube na última etapa do campeonato Estadual de Pesca na praia do Cassino em Rio Grande.

Nesta ocasião o clube lutava pelos títulos interclubes em duas categorias do campeonato Estatual de Pesca (FRAP), na categoria Juvenil e também na categoria Masculino, além disso, vários atletas do time disputavam o imperioso título individual das suas respectivas categorias.

Porém para que as conquistas fossem possíveis, os atletas necessitaram se unir em busca da melhor estratégia de pesca, isto porque  a prova derradeira ocorreria nos Molhes de Rio Grande, local onde existe inúmeras possibilidades de capturas de pescados.

Assim, os atletas focados no objetivo maior que seria as conquistas do interclubes, simultaneamente também estariam galgando seus objetivos individuais, desta maneira, para um efetivo treinamento, necessitaram contratar o serviço de uma vagoneta às 09 horas do dia 01 de dezembro, para se dirigir até o local da prova com todos os equipamentos necessários para o reconhecimento do pesqueiro e as condições climáticas.

Durante o treino as estratégias foram delineadas, a equipe sairia pescando corvinas próximas às pedras, porém caso não existisse corvinas, partiríamos para a captura das sardinhas, observando que a corvina tem medida mínima de 25 centímetros e as sardinhas com medida mínima de 15 centímetros, fato que dificultava bastante nossas estratégias.

Equipe do Arpão treinando a captura de sardinhas.

   Por volta das 13:00 a equipe de Pesca o Arpão se retirou do local de treino, onde seria realizada a prova e regressou para suas hospedagem, com as informações individuais do treino, os atletas iniciaram a organização do material que seria usado durante a competição, com substituição de linhas danificadas, montagem de chicotes específicos para cada tipo de pescaria e também para complementar os canos com anzóis específicos que seriam necessários para os diversos tipos de capturas possíveis naquele pesqueiro.

   Ficou definido através de contato telefônico que às 19 horas do dia 01 de dezembro de 2018, seria servido pelo CLUBE DE PESCA O ARPÃO, na residência do Atleta Pedro Elias um galeto para confraternizar os atletas e para que houvesse uma  troca de informações e experiências realizadas durante o  treino deste dia.

   Final da janta, todos os atletas se retiraram do local e retornaram para suas pousadas para um merecido descanso, pois a prova iniciaria às 09 horas do dia 02 e todos os atletas deveriam acordar as 06:30 para preparação e deslocamento, pois estavam focados em seus objetivos individuais e coletivos e buscavam colocar o Arpão novamente na história da pesca Gaúcha, tanto individualmente como por equipes.

   Por volta de 06:45 do dia 02 de dezembro de 2018, os atletas começaram a despertar, realizaram o desjejum, se organizaram nos veículos , para então  partir ao local da prova em busca de excelentes resultados, porém, por força maior a FRAP comunicou o cancelamento da prova, pois a natureza não permitiu a realização da respectiva e esperada competição, isto porque, um vento sul muito forte, acabou formando ondas na direção dos molhes que não permitiram o ingresso dos pescadores no local, desta maneira, os resultados obtidos anteriormente foram ratificados.

   Com o cancelamento e a manutenção dos resultados em vigor, o CLUBE DE PESCA O ARPÃO, se tornou tricampeão de pesca interclubes na categoria masculino e pentacampeão interclubes na categoria Juvenil, além disso três atletas do Arpão se sagraram campeões individuais, Pedro Elias na categoria Master, Marck Solla na categoria Masculino e Henrique Corso na categoria Juvenil, elevando assim o nome do Clube de Pesca o Arpão ao mais alto nível do desporto.

PEDRO ELIAS                                                       MARCK SOLLA                                          HENRIQUE CORSO

Comentários